Novidades



Plataforma Ajuda Caminhoneiros A Encontrar A Melhor Parada Na Estrada

App "Parada Certa", que indica locais seguros para caminhoneiros, foi o grande vencedor de um hackathon organizado pelo grupo CCR, da setor de concess...... [veja mais]

Soja: Brasil Fecha Semestre Com Embarques De Mais De 63 Mi De T, 43% A Mais Na Comparação Anual

Demanda chinesa segue presente no Brasil; lineup para julho já indica mais de 7 mi de t O Brasil já embarcou, no acumulado de janeiro a junho, 63...... [veja mais]

Paranaguá Retoma Gradualmente Operação Após Temporal Que Danificou 2 Carregadores

As operações no Porto de Paranaguá, um dos principais do Brasil, estão sendo retomadas gradualmente após danos causados por um temporal e ventos forte...... [veja mais]

Stonex Eleva Estimativa Para Exportação De Soja Do Brasil Para 80 Mi T Em 2019/20

As exportações de soja do Brasil deverão totalizar 80 milhões de toneladas na temporada 2019/20, disse nesta quarta-feira a consultoria StoneX (anti...... [veja mais]

ARCOMAR - Associação dos Revendedores de Combustíveis

Arcomar


Paranaguá retoma gradualmente operação após temporal que danificou 2 carregadores

As operações no Porto de Paranaguá, um dos principais do Brasil, estão sendo retomadas gradualmente após danos causados por um temporal e ventos fortes, que arrastaram dois carregadores em dois berços de atracação (204 e 214) na terça-feira, informou a autoridade portuária nesta quarta-feira.

Segundo uma nota do porto paranaense, a energia elétrica foi restabelecida pela Copel por volta das 13h desta quarta-feira, permitindo que as atividades pudessem ocorrer, apesar dos danos, na maior parte dos berços.


De acordo com a Diretoria de Operações de Paranaguá, o berço 214 (um dos três do Corredor de Exportação) ainda pode operar com um dos outros equipamentos disponíveis e não danificados, o que deve ocorrer ainda nesta quarta-feira --cada berço do corredor opera com dois "shiploaders".

No berço 204, o navio que está atracado para carregar açúcar poderá ser desatracado se não for possível que o equipamento danificado volte a operar em breve. Dessa forma, disse o porto, o local poderá então ser disponibilizado para outras embarcações (para movimentação de outros produtos, como granéis de exportação ou carga geral).

REUTERS
02/07/2020