Novidades



Plataforma Ajuda Caminhoneiros A Encontrar A Melhor Parada Na Estrada

App "Parada Certa", que indica locais seguros para caminhoneiros, foi o grande vencedor de um hackathon organizado pelo grupo CCR, da setor de concess...... [veja mais]

Soja: Brasil Fecha Semestre Com Embarques De Mais De 63 Mi De T, 43% A Mais Na Comparação Anual

Demanda chinesa segue presente no Brasil; lineup para julho já indica mais de 7 mi de t O Brasil já embarcou, no acumulado de janeiro a junho, 63...... [veja mais]

Paranaguá Retoma Gradualmente Operação Após Temporal Que Danificou 2 Carregadores

As operações no Porto de Paranaguá, um dos principais do Brasil, estão sendo retomadas gradualmente após danos causados por um temporal e ventos forte...... [veja mais]

Stonex Eleva Estimativa Para Exportação De Soja Do Brasil Para 80 Mi T Em 2019/20

As exportações de soja do Brasil deverão totalizar 80 milhões de toneladas na temporada 2019/20, disse nesta quarta-feira a consultoria StoneX (anti...... [veja mais]

ARCOMAR - Associação dos Revendedores de Combustíveis

Arcomar


Demanda por transporte rodoviário de cargas no Brasil tem melhor nível em 2 meses

A demanda por transportes rodoviários de cargas no Brasil voltou a avançar na última semana, atingindo o melhor resultado em mais de dois meses, embora ainda impactada pelos efeitos da pandemia de coronavírus, indicou pesquisa divulgada nesta terça-feira pela NTC&Logística.

De acordo com a associação de empresas do setor, a demanda teve melhora de 1,5 ponto percentual na semana até 7 de junho, e agora apresenta queda de 38,27% em relação aos níveis verificados antes da crise sanitária e econômica.

Esse é o melhor resultado desde a semana terminada em 29 de março, quando o recuo da demanda atingia 26,9%. Desde o início do levantamento, exatamente em março, o menor nível foi registrado na semana até 19 de abril --queda de 45,2%.

Além da melhora na demanda, o percentual de empresas que tiveram queda no faturamento durante a pandemia diminuiu para 88%, ante 93% na semana anterior. Em meados de maio, o índice chegou a 94%, segundo a NTC&Logística.

Para cargas fracionadas, que contêm pequenos volumes, a sondagem mostrou uma melhora de pouco mais de 2 pontos na comparação semanal, embora ainda haja uma variação negativa de 36,46% em relação aos níveis pré-pandemia.

Já para cargas lotação, que ocupam toda a capacidade dos veículos e são utilizadas principalmente nas áreas industriais e agrícolas, a retração chegou a 39,37% na última semana, melhora de 0,8 ponto.

REUTERS
09/06/2020